domingo, 25 de março de 2012

Mais uma pérola dos mercadores da fé

"O rótulo da coca-cola ao contrário quer dizer 'Alô Diabo', por isso, você só deve beber "Leão de Judá Cola", é o que diz o infeliz...

sábado, 24 de março de 2012

"Para nossa alegria": muito além do viral

Você certamente já deve ter ouvido falar de "Para nossa alegria", um vídeo caseiro postado no YouTube há pouco mais de uma semana que já alcançou a marca de mais de 10 milhões de acessos. Mas o que muita gente não sabe é que a música não é nova, mas foi composta na década de 70 por uma banda de rock progressivo formada por roqueiros cristãos que, por sinal, causavam muita polêmica na época.

No viral (video que se espalha muito rápido) que está bombando, Jefferson, Mara e Suelen "tentam" cantar uma música se tornou hoje uma espécie de hino nacional das comunidades cristãs no Brasil (não só evangélicas, mas católicas também). Para se ter uma ideia, a música é usada em casas de recuperação de dependentes químicos para ajudar no tratamento dos viciados em narcóticos.

Voltando ao vídeo, além dos descantes desafinados e erros de português de Suelen, se destacam o momento em que Jefferson solta inesperadamente a voz no refrão da música, f
azendo com que Suelen tenha um ataque de risos. Veja:


É rir pra não chorar. O vídeo foi tão tuitado que foi parar nos Trending Topics do Twitter na última semana e já se fala até que o video tem grandes chances de conquistar o prêmio de viral do ano no VMB da MTV. Desde então, diversos sites de humor (como o Kibeloco) reproduziram o viral que já está rendendo até diversas paródias: tem uma do pessoal do Comédia MTV (veja aqui e outra a
qui), além de uma da família Rodrigues (Luciana Mello, Jair Rodrigues e Jairzinho) refazem a cena (assista, e até uma montagem com as cantoras Rihanna e Lady GaGa (veja aqui).

O que pouca gente sabe é que esse hit é apenas parte de uma música chamada Galhos Secos (e não "para nossa alegria") gravada em 1972 pela banda de rock progressivo Exodus e regravada pela banda Catedral num LP em 1993. Confira o original:



No ano de 1970, época em que vigorava a repressão e a censura, 4 jovens da Igreja Batista de Vila Bonilha (SP) organizaram o que é considerado por pesquisadores como a primeira banda brasileira de rock evangélico. Mas não era apenas entre a música religiosa que destacou o trabalho de Edson Donizetti (bateria), Lucas (violão guitarra base e vocal) e dos dois irmãos Osny (guitarra solo e vocal) e Osvaiyr Agreste (baixo e vocal).


Tanto a batida como as letras das músicas deles eram vanguarda. Para se ter uma ideia, só três anos mais tarde (1973) o "pai do Rock brasileiro" Raul Seixas lança seu primeiro álbum (Krig-ha, Bandolo!). É interessante perceber a semelhança que têm algumas músicas do Exodus com o ritmo do maluco beleza. Veja, por exemplo, o alto conteúdo escatológico. Veja, por exemplo, a ótima música "Fim da Viagem":



A maioria das canções foram compostas pelos irmãos Osny e Osvair. Além do som pesado para a época (trafegando pelo rock alternativo com influências de Pink Floyd, blues e country), os integrantes do Exodus se destacavam pela maneira extravagante de se vestir, cabelos compridos, letras de protesto contra emoções passageiras como drogas e o amor livre. Outro tema presente era o temor apocalíptico de holocausto nuclear e os jovens propunham um novo modo de se relacionar com a religião, a espiritualidade e com o próprio Deus.

A banda causou tanta polêmica dentro e fora das igrejas na época que os integrantes na época se apresentaram e deram entrevistas em programas de rádio, televisão e revistas. O Exodus chegou a ser tema de reportagem da revista semanal Veja (edição nº428 de 17 de novembro de 1976).

Devido a preconceitos contra o estilo de música não tradicional em templos evangélicos e pressões por parte de líderes e membros de igrejas contrários a adoração com instrumentos tais como guitarras e bateria, a banda recebeu um "discreto convite" para encerrar as atividades em 1977. Na verdade, foram expulsos da igreja e do meio evangélico. Injustiçados e condenados pelos religiosos e sem o apoio da igreja, caíram no esquecimento. Mas, hoje, já é possível ouvir algumas das canções que foram compostas e tocadas pela banda (agoraem CD), graças ao trabalho de um dos membros - que vem recuperando o trabalho. Se ficou curioso, visite o site da banda: http://www.bandaexodos.com/

terça-feira, 20 de março de 2012

O gol mais impressionante da história

20 de março de 2002. Há exatos 10 anos acontecia no estádio do Morumbi o gol mais impressionante e lindo (considerando-se o grau de dificuldade) de toda a história do futebol pós Pelé. Falar não adianta, veja com seus próprios olhos: