quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Brasileiros compram Burger King

Fundo de investimento de brasileiros compra Burger King

O Burger King, segunda maior rede de fast-food dos Estados Unidos, firmou acordo para ser vendido para a 3G Capital por US$ 24 por ação, ou cerca de US$ 3,26 bilhões.
A 3G Capital tem entre os sócios os brasileiros Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles, que estão entre os principais acionistas da AB InBev, maior cervejaria do mundo e que controla a AmBev.
O acordo representa um prêmio de 46% sobre o preço da ação do Burger King antes da notícia do acordo surgir na quarta-feira, afirmaram as empresas.
Incluindo a dívida que a 3G assumirá, o valor do negócio sobe para US$ 4 bilhões. A transação deve ser fechada no último trimestre do ano.
TPG Capital LP, Goldman Sachs Capital Partners e Bain Capital Investors possuem conjuntamente cerca de 31% das ações do Burger King e colocaram seus papéis à disposição da oferta, que deve começar em 17 de setembro.
O Burger King vem perdendo espaço para o McDonald's e outros concorrentes de fast-food, uma vez que sua base principal de consumidores foi mais afetada pelas taxas altas de desemprego nos EUA.
Na semana passada, a empresa previu demanda fraca durante seu novo ano fiscal devido ao ritmo menor de recuperação econômica nos EUA e a programas de austeridade fiscal de governos em diversos países da Europa.
Analistas afirmaram que era um momento oportuno para a empresa fechar seu capital, quatro anos depois que o Burger King abriu seu capital com uma oferta a um preço de US$ 17 por ação.

vi no Terra, Com informações da Reuters

Nenhum comentário: