domingo, 31 de maio de 2009

O que a gente faz fala muito mais do que só falar (2)

Quando a pessoa está perdida, ela precisa de um gesto, de alguém que estenda a mão, que demonstre o amor de Cristo de forma prática. É essa fé que nos faz olhar para essa pessoa e entender que ele foi criado a imagem e semelhança de Deus. Se não fosse a fé, não estaríamos aqui”, declarou Marcos Antonio Garcia, pastor da Igreja Metodista.





“A fé em ação transforma muita coisa, essa é uma crença de quem está nesses trabalhos e essa é uma crença importante porque acaba tendo uma interferência na vida dos indivíduos”, explicou a antropóloga Christina Vital da Cunha, do Instituto de Estudos da Religião.

2ª parte da série de reportagens exibidas esta semana pelo Jornal Nacional, sobre as ações sociais feitas no Brasil por Igrejas (com I maiúsculo) "evangélicas". Ao mesmo tempo que vemos a presença de instituições que zelam pelo próximo, compartilhamos da indignação com a ausência do Estado. "A nossa mão estendida fala mais que o nosso blá-blá-blá!". Já diria a banda Fruto Sagrado.

Fonte: PavaBlog

Nenhum comentário: