sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Gafanhotos com mel: Dieta de quem não quer ficar apenas azedo



João Batista era uma cara esquisito em todos os sentidos. Não coube nem mesmo na sociedade de seus dias. Aliás, um homem como ele só não seria esquisito na Idade da Pedra, posto que seu ‘sósia profético”, Elias, o qual se comportava de modo semelhante a João Batista, também não coube em sua própria sociedade, vários séculos antes de João. Ontem, dia 3 de outubro, eu via na televisão um documentário sobre gafanhotos, praga que até hoje está para além da possibilidade de controle humano quando acontece deles se tornarem um enxame voador. Sim, eles podem até mesmo chegar com como nuvens de 3 mil quilômetros de comprimento. Podem, em certos casos, ser mais numerosos do que todas as estrelas de nossa via Láctea, isso quando atacam em super-enxames. Podem também ser tão numerosos que até mesmo o sol fica encoberto quando eles vêm em tais exércitos. No Velho Testamento os gafanhotos eram sempre vistos como sinônimo de desgraça e praga. Eles eram vistos como os vingadores de Deus contra as rebeldias dos homens! Até hoje os pregadores do quase-evangelho ainda usam os “gafanhotos” como ameaça para quem não der o dízimo a eles. Ora, vendo o documentário, logo minha mente se voltou para João Batista, que comia gafanhotos com mel silvestre. Sim, o cara comia aquilo que era símbolo de desgraça e maldição. Só que ele comia com mel. Era uma dieta de desgraça e doçura. Que imagem linda! O homem que era o amigo do Noivo, o precursor de Jesus, comia a desgraça com doçura. João comia aquilo que todos chamavam de maldição. Ele de fato comia. Maldição digerida e melhorada pelo mel. Gafanhotos fazem parte da dieta de quase todos os que vivemos neste mundo. A questão é que a maioria come gafanhoto com gafanhoto. João, porém, os comia com mel. Quando a vida lhe servir “gafanhotos”, tempere-os com o mel dos campos! Pense nisto!

Caio Fábio, no site www.caiofabio.com

Casamento gay é celebrado em igreja evangélica de Ribeirão Preto


Alex Correia, 27, promoter, e Pedro Cardoso, 20, promoter, foram o primeiro casal gay a se casar em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, no dia 24 de janeiro. O casamento teve a cobertura de todos os meios de comunicação da cidade e será exibido nacionalmente no mês que vem pelo SBT.

O casal, que mora em São Paulo, resolveu se casar em Ribeirão Preto porque seus pais, padrinhos e amigos são de lá. Quem celebrou o matrimônio foi o presbítero José, da Igreja Para Todos de São Paulo.

A cerimônia contou com presenças ilustres de vereadores, advogados, empresários, amigos e familiares.

Alex e Pedro entraram para a história de Ribeirão Preto.

Fonte: IG

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Tira essa mão boba daí!



O apresentador alemão Hans Blomberg, de 31 anos, colocou a mão no peito da colega Susanka Bersin, de 28, durante a apresentação ao vivo do programa "Bundesvision Song Contest", do canal Pro Sieben, e levou um tapa na cara.

Blomberg estava anunciando o resultado de uma votação do público sobre algumas músicas do concurso, ao lado de Susanka.

Enquanto os dados da votação eram atualizados, ele brincou: "os dois pontos mais bonitos permanecem comigo" e, em seguida, apalpou o peito da colega. Susanka reagiu imediatamente e deu tapa no rosto de Blomberg.

O apresentador disse que não entendeu a razão de tanta confusão: "O escândalo aconteceu quando ela me bateu", disse ele.

O chefe de Blomberg, Karsten Kroeger, disse que "ele tinha ido longe demais, sem dúvida", mas descartou demiti-lo por causa do assédio.

O vídeo foi parar no site YouTube, mas, depois, foi retirado. No entanto as cenas podem ser vistas em outros sites. Clique aqui para assistir.


Idiota... pediu, levou um tapa na fuça!

Fonte: Planeta Bizarro

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Proibido beijo de despedida


Cartaz de proibido beijar é colocado na estação de trem de Warrington, na Inglaterra; aviso foi colocado em ponto de desembarque de passageiros, pois veículos ficavam parados no local enquanto o motorista despedia-se do viajante.

Fonte: IG

Aqui Agora Gospel

Pastora brasileira é acusada de agressão sexual nos EUA e se diz alvo de vingança

Mulher tem de andar com GPS no tornozelo em Massachusetts.
Brasileira afirma que é inocente; audiência ocorre no dia 27.

Uma pastora brasileira está sendo acusada de ter abusado sexualmente de uma menor de 18 anos na cidade de Milford, em Massachusetts, nos Estados Unidos. A fundadora e pastora da Igreja Plenitude de Deus, Ana Paula de Almeida, de 31 anos, afirma ser inocente e diz que está sendo vítima de vingança por parte da família da garota.

No último dia 12, a polícia deteve Ana Paula em sua casa sob a acusação de ter abusado sexualmente da jovem 11 vezes em um período de quase dois anos (de 2006 a 2008). Na ocasião, a menina tinha 14 anos (hoje está com 16).

A imprensa americana noticiou ainda que a polícia investiga e conversa com mais jovens para saber se teria havido outros supostos casos de abusos por parte da brasileira, que terá que comparecer a uma nova audiência no próximo dia 27.

Ainda conforme jornais da cidade, após pagar uma fiança de US$ 500, a pastora foi liberada, mas com restrições: não pode se aproximar da menina ou da família dela, e tem de andar com um aparelho GPS no tornozelo.


Outro lado

Procurada em sua casa, por telefone, pelo G1, Ana Paula não quis dar declarações, mas confirmou que está com a tornozeleira, e que o jornalista Jehozadak Pereira é quem está dando a sua versão sobre o caso. “Vou fazer um pronunciamento através dele amanhã (terça-feira)”, afirmou ela.

“Eu sou amigo dela”, disse ao G1, por telefone, Pereira, que a imprensa americana aponta como porta-voz da pastora. “Mas não sou porta-voz”, completou. Ele disse que conversou com a pastora e publicou no jornal que edita para brasileiros na cidade, “A Notícia”, a versão dela.

“Ana Paula Almeida nega veementemente qualquer ato impróprio seja contra a adolescente que a acusa ou qualquer outra pessoa”, afirmou ele. “Atribui a acusação a um ato de vingança dos parentes da adolescente, já que no final do ano afastou de cargos diretivos na igreja onde é pastora, uma integrante da família da menina. Ainda de acordo com Ana Paula, estas pessoas prometeram se vingar dela, e crê que as denúncias sejam parte destas ameaças”, completa o texto. “O que está aí é a versão dela”, disse Pereira por telefone.

Segundo a versão da pastora, uma parente da garota que fez a acusação perdeu o cargo de copastora na igreja.

Os nomes da jovem e dos familiares dela não foram revelados pela polícia americana.

“(Ana Paula) Estranha ainda que somente agora é que as denúncias tenham surgido e que o desejo destas pessoas é somente o de difamação. Ana Paula afirma que diversas pessoas da sua igreja foram procuradas, pelo grupo de acusadores com o intuito de difamá-la, e que está sendo cometido uma injustiça contra a sua pessoa, reafirmando que não cometeu nada que pudesse prejudicar ninguém”, completa a reportagem.

comentário Salcompimentas: Lamentável! Seja qual for a versão correta da história. Se os membros da igreja estão se vingando da pastora, é uma postura lamentável de quem se diz cristão. Se a pastora abusou realmente da menina, é mais lamentável ainda.
Já não nos bastassem os escandalos que "nossos" líderes evangélicos se envolvem no Brasil, agora vamos virar escândalo internacional?
Advinha quem está adorando tudo isso?

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Apelo

Existe uma maneira, Senhor Presidente, para se resolver de maneira rápida a questão Battisti, evitando-se que, com tantas mentiras e imprecisões espalhadas por setores entreguistas da imprensa, ela envenene a opinião pública e provoque uma gangrena.

O Brasil não pode aceitar que um premiê italiano, mal visto e tantas vezes acusado de corrupto, numa Itália cujo prefeito de sua capital, Roma, é conhecido por sua antiga militância neofascista, assim como são neofascistas confessos deputado e membros do governo pertencentes à Liga separatista do Norte, nos diga que medidas devem ser tomadas com relação ao ex-militante italiano Cesare Battisti.

Berlusconi é o pai da Diretriz do Retorno, que tanto mal tem causado aos nossos emigrantes na Europa, e acaba de instituir a delação, a deduragem como lei para os médicos italianos, obrigados a denunciarem todo emigrante clandestino que for ao consultório ou hospital, para ser rapidamente expulso. É com ele, que muitos de nossos jornalistas, alguns de renome, decidiram colaborar, mesmo se o clima já é mal cheiroso na Europa.

Não podemos simular surdez diante das palavras do deputado neofascista Ettore Pirovano, da Liga do Norte, de que “o Brasil é mais conhecido por suas dançarinas (putas) do que por seus juristas” numa ofensa a nossos advogados, magistrados e ao nosso povo, nem podemos tolerar a petulância do partido Aliança Nacional de levar ao Conselho da Europa a questão Battisti, com o apoio do Grupo Europa de Nações de direita e extrema-direita, num gesto digno da época colonial.

Nem podemos aceitar que um país estrangeiro tente criar conflitos e incompatibilidades entre órgãos institucionais brasileiros, numa clara intervenção na nossa política interna, fomentando divergências, fazendo ameaças e chantagens, utilizando-se de jornais, revistas e jornalistas que, por interesses políticos e pessoais, reforçam as pressões italianas com o objetivo de provocar uma crise política no Brasil e atingir seu prestígio de Presidente do País.

Silvio Berlusconi representa hoje a Europa próxima da extrema-direita, num clima que faz pensar nos anos 30 do século passado, quando se fazia a caça a judeus, ciganos e comunistas. Berlusconi reinventa Mussolini e faz a caça aos imigrantes, entre eles os brasileiros, os africanos, os árabes, os ciganos, os rumenos e ainda tem tempo para correr atrás de um antigo militante dos anos 70, de uma época italiana ainda mais podre que a atual, quando os julgamentos e processos era feitos ao interesse do governo, chefiado por um premiê mafioso.

Senhor Presidente Lula, dizem que nos próximos dias, o STF que concede habeas-corpus a corruptos com facilidade, será severo com o ministro Tarso Genro e optará pela extradição de Battisti, anulando a validade do seu ato de lhe conceder o refúgio. O que menos interessa é a vida de um homem, para os que se comprazem com a idéia de ver contestada a decisão ministerial e o Presidente obrigado a assinar o ato de extradição depois de ter afirmado caucionar a decisão de Genro.

Senhor Presidente, eu dizia no início desta carta haver uma maneira rápida e simples para se pôr um fim a essa questão Battisti, e aos desejos de uns poucos de atingir e diminuir sua popularidade. Minha sugestão, tenho certeza, terá o apoio da grande maioria dos 84% que apóiam e confiam no seu governo.

Antes que o STF tente instaurar a cizânia dentro do governo, aumentando a ressonância dos frustrados da oposição, já em campanha eleitoral, Vossa Excia. pode esvaziar as intromissões italianas na nossa soberania e as tentativas maquiavélicas para comprometer a sábia maneira como tem dirigido o País.

É simples - conceda hoje ou nos próximos dias o indulto que lhe é permitido pela Constituição ao fugitivo Cesare Battisti, garantindo sua permanência de Battisti no Brasil, ratificando a decisão já tomada pelo ministro Tarso Genro. Não havendo mais o que julgar, bastará uma petição para se suspender a encenação programada pelo STF. Se o STF insistir e quiser considerar seu gesto como inconstitucional, então será evidente haver uma intenção golpista alimentando a inexplicável dimensão a que chegou o caso Battisti.

Não tenha receio quanto a repercussões negativas de seu gesto. Será considerado pelo povo, já farto das ofensas feitas por políticos e imprensa italianos, como a bordoada necessária na cabeça da serpente. Passada uma semana, não se falará mais nisso e tudo se esquecerá na alegria do Carnaval. Senhor Presidente, dizem que a França perdeu o Mundial porque o Zinedine Zidane não suportou as ofensas, do tipo putas brasileiras do deputado neofascista italiano, que lhe fazia o italiano Materazzi e revidou. Se tivesse continuado a jogar soberano no seu jogo, a vitória teria sido dos franceses e dos argelinos.

Não se preocupe com a reação do Silvio Berlusconi, apesar das ameaças e micagens Berlusconi fechou o bico e escondeu a viola no saco, quando o presidente francês Nicolas Sarkozy usou o direito do perdão ou do indulto em favor de uma mulher quase morta de medo de ser extraditada para uma prisão italiana. E, veja bem, Marina Petrella não era Cesare Battisti, participante de um grupúsculo extremista e acusado injustamente de crimes não cometidos. Marina Petrella era uma verdadeira participante da Brigada Vermelha.

Senhor Presidente, usando do seu direito de dar indulto a Cesare Battisti terá salvado uma vida, terá salvado um princípio, terá honrado nossa soberania e receberá o agradecimento de todos quantos resistiram à ditadura militar em nome da legalidade, da independência e da liberdade, e de todos quantos amam o Brasil e participam do seu esforço para torná-lo uma grande nação.

Presidente Lula da Silva indulte, salve o nosso companheiro Cesare Battisti.

Rui Martins, um simples cidadão em defesa de um companheiro italiano.

fonte: Direto da redação
[via PavaBlog]

Playground

Um caso de paternidade precoce virou o assunto mais discutido do Reino Unido. Alfie Patten, de 13 anos mas com cara de 8, acabou de ser pai de Maisie Roxanne. A mãe da menina, Chantelle Steadman, tem 15 anos. Na primeira foto, Alfie aparece com a mãe do bebê.
Ele contou ao "Sun" que juntamente com Chantelle decidiu não realizar um aborto. Maisie foi resultado de apenas uma noite de sexo sem proteção. Obviamente assustado, Alfie sequer tem noção de quanto custa um pacote de fraldas. Mas o pai, de 45 anos, ressalta que o filho já demonstra ter responsabilidade: "Ele poderia dar de ombros e sentar para jogar Playstation. Mas ele esteve no hospital todos os dias".

Alfie e Chantelle esconderam a gravidez até quase dois meses, quando a mãe dela desconfiou do ganho de peso repentino e pressionou a adolescente.


Fonte: Page not found [via PavaBlog]

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A Hora do Pão


Era uma segunda-feira de sol escaldante. Acordei cedo e fui para o trabalho. Coloquei a mão no arado, parando apenas para beber água e limpar o suor do rosto.
A terra estava seca, levantava muita poeira, mas o lavrar tinha que ser terminado, pois o plantio não poderia esperar, nem as sementes que estavam prontas para serem jogadas na terra.

Finalmente acabou e coberto de pó fui para casa, pois a lida do dia havia findado. Ao chegar coloquei água limpa numa grande bacia e limpei-me, coloquei uma roupa mais limpa ainda, sentei-me a mesa e esperei o meu jantar. De repente é colocado em minha frente um prato contendo um minúsculo pão! Agradeci a Deus pelo alimento, mas após comê-lo, fiquei com fome. Pensei então: "- Um dia inteiro de trabalho pesado, cansado e ainda faminto."

Escrevi toda essa historinha para registrar aqui minha indignação quanto ao tempo em que tem se dado a Palavra de Deus dentro de nossas igrejas. É um absurdo que se dêem tantas oportunidades a canções que muitas vezes duram 5 minutos cada, sendo que num total de 5 oportunidades, lá se vão 25 minutos.

Somando tudo com o Palavra introdutória, hinos da harpa, corinhos, apresentação dos grupos da igreja (corais, expressão, louvor), o que sobra é da Palavra de Deus, mas é claro que é preciso descontar aí o apelo, a oração, a apresentação das crianças e a benção apostólica. Já participei de cultos onde a Palavra lida e exortada duraram menos de 15 minutos, pois o horário estava "estourando"!

Até quando passaremos fome na Casa do Pai? Não porque Deus não tenha fartura, mas porque o pão tem sido entregue as pressas, pequenino e as vezes "goela abaixo".

Fonte:

Isto aqui ô ô, é um pouquinho de Brasil, iá iá

Cerca de 1.500 professores que tiraram zero em uma prova de seleção do próprio governo estadual de São Paulo poderão lecionar neste ano na rede.

O exame foi promovido pela Secretaria da Educação do governo José Serra (PSDB) com a intenção de selecionar 100 mil docentes temporários. 214 mil pessoas se candidataram.

Os 1.500 professores "nota zero" vão poder dar aulas porque uma decisão liminar (provisória) da 13ª Vara da Fazenda Pública suspendeu os resultados do exame, de 25 testes, realizado em dezembro passado.

A liminar atendeu ao pedido da Apeoesp (sindicato dos professores), que alegou que os docentes temporários que já trabalham na rede há muitos anos não podem ser descartados com base numa "provinha". Considera que o correto seria realizar um concurso público.

Fonte: Blog do Noblat [via PavaBlog]

Novo patrocinador do São Paulo


colaboração: Marcelo Carvalho Xavier

Que crise?


Banco empresta R$ 204 milhões para Real ir atrás de C. Ronaldo
Time espanhol acredita que com 100 milhões de euros vai conseguir contar com o português na próxima temporada

MADRI (Espanha) - Parece que a especulação irá se tornar realidade. A vinda de Cristiano Ronaldo para o Real Madrid em junho está mais perto depois que um banco espanhol concedeu € 70 milhões (cerca de R$ 204 milhões) por empréstimo para os merengues.

Além da quantia, segundo informa o jornal espanhol AS, o Real estaria preparando o cofre para desembolsar mais € 30 milhões (cerca de milhões R$ 84 milhões) para completar os € 100 milhões que julga necessário para tirar o meio-atacante do Manchester United.A base do cálculo é a recente declaração do português de que seu passe valeria o mesmo que o de Kaká. O Milan aceitou liberar o jogador por € 100 milhões, mas o brasileiro não quis assinar com o Manchester City.

Base da reportagem do jornal espanhol, de acordo com um programa de televisão local, Cristiano Ronaldo já teria negociado sua liberação no meio do ano com os Diabos Vermelhos.

Assediado desde o ano passado pelo Real, o português já declarou que gostaria de vestir a camisa merengue. Para trazer o meia, o atual presidente Vicente Boluda vai deixar a verba do empréstimo para seu sucessor, que assumirá no meio do ano.

Fonte: IG esporte


comentário Salcompimentas: Experimenta ir nesse mesmo banco (será o Santander?) pedir só sessentinha (mil) para quitar as pretações da sua casa própria? Ou que seja uma linha de crédito para reconstruir as casas dos desabrigados das tempestades em Santa Catarina? Já entendeu, né? A crise só existe para quem realmente precisa de dinheiro. Ou seja, quem tem que pagar as contas de casa, gastos com escola e por comida na mesa. Já quem gasta com futilidades ou por ostentação, não sentiu nem o cheiro da crise. E tem gente preocupada com o emprego... não o Cristiano Ronaldo.

Almoço 'de índio'

Funai descarta canibalismo entre povos indígenas no Brasil

MANAUS - A Fundação Nacional do Índio (Funai) informou, nesta terça-feira, que "não existe a prática de antropofagia entre os povos indígenas no Brasil contemporâneo". Ao menos cinco índios da etnia Kulina são suspeitos de matar um jovem não-índio de 21 anos e de comer seus órgãos, em Envira, no Amazonas. Para a Funai, "não se pode afirmar que houve tal prática".

O corpo de Océlio Alves Carvalho foi identificado no último dia 3 de fevereiro e a morte teria ocorrido às margens de um igarapé dentro da aldeia. Segundo a Funai, no mesmo lugar, foram encontradas diversas garrafas de aguardente, já que a vítima tinha convívio social com os indígenas e consumia bebidas alcoólicas dentro da aldeia.

Apesar da posição da fundação, outros dois índios, que disseram ter testemunhado o crime, e o líder da tribo afirmaram à polícia que houve canibalismo.

Segundo o sargento Silva, o grupo de kulinas parou em uma ponte da aldeia e começou a beber o que chamam de "cabeça azul", álcool utilizado em limpeza. "Quando a vítima foi beber o álcool, um dos índios deu a primeira furada. Ele levou, no mínimo, 80 facadas", disse. Testemunhas dizem que os kulinas partiram o corpo do jovem em dois e comeram o fígado, o coração e uma parte da coxa.

Ainda de acordo com o sargento, os índios devem ser indiciados por homicídio. Segundo a Funai, somente a Polícia Federal pode realizar investigação e prisões em terras indígenas. O órgão disse que um de seus técnicos elabora um relatório sobre o envolvimento dos índios no caso.

Fonte: Último Segundo

A história de uma laranja traída...


Fonte: Deviantart

Esqueceu da manutenção da "cabana"




Wilson Tonioli no
Verticontes. [via PavaBlog]

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Imagem auto-explicativa

Fonte: blog do Parmerista

Água da fonte cansei de beber



Ainda tô sob os eflúvios da gravação do DVD do João Alexandre. O showzaço rolou ontem e anteontem na Universidade Metodista. Fazia tempo que não me emocionava tantas vezes seguidas por meio da música. =)
Neste vídeo recente, João canta Sapato velho (Mu/Claudio Nucci/Paulinho Tapajós).

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Mudança de hábito


Freiras mexicanas ficam nuas para provar que são mulheres
Arquidiocese de León cobrou investigação sobre o abuso de poder. Freiras foram presas quando pediam esmola em Dolores Hidalgo.

Duas freiras mexicanas, da congregação Imaculada Conceição de Maria, tiveram que tirar a roupa para comprovar que eram mulheres após serem detidas pela polícia da cidade de Dolores Hidalgo (México), segundo o jornal "El Mañana".

De acordo com o periódico mexicano, a arquidiocese de León exigiu uma investigação profunda sobre o abuso de poder contra as duas religiosas, que foram presas em 29 de janeiro por policiais de Dolores Hidalgo.

“É uma falta grave, um atentado contra a dignidade”, disse o porta-voz da arquidiocese de León, Jorge Raúl Villegas Chávez, que defendeu uma investigação para apontar o motivo que levou os policiais a agirem dessa maneira.

Em 29 de janeiro, as freiras Josefina Rivera Mata e Juana Gómez Ángeles foram presas por policiais quando pediam esmola nas ruas de Dolores Hidalgo, supostamente porque duas pessoas vestidas como freiras haviam roubado uma mulher.

As religiosas também foram obrigadas a abandonar a cidade após pagarem uma multa. No entanto elas voltaram a Dolores Hidalgo, em 5 de fevereiro, e apresentaram uma denuncia ao Ministério Público por abuso de autoridade.

Fonte: G1

Curtindo Beatles com Jesus - Deus não é gospel

Converti-me há 21 anos, em 4 de fevereiro de 1988. A conversão a Cristo promoveu uma verdadeira revolução em minha vida. Experimentei o que significa o amor de Deus. Experimentei, também, o que significa sofrer por causa dessa nova fé. Chacotas, zombarias, humilhações — tudo por causa daquele em quem comecei a crer.

No entanto, aprendi também a criar uma “carapaça” ao meu redor. Vi que talvez fosse melhor me proteger dos temidos ataques do mundo vivendo atrás de um “muro de Berlim” cultural, onde somente aquilo que fosse “religiosamente aceitável” seria admitido. O mais interessante é que esse muro era seletivo. Barrava apenas música e literatura, com exceção da literatura escolar, que era obrigatória. Enfim, aprendi a filtrar aquilo que vinha a mim de acordo com padrões pré-estabelecidos por um ethos social vigente.

Aos poucos, vi essa carapaça contrair trincados e rachaduras. Por meio do pastorado, tive contato com várias realidades no Brasil e fora dele. Em algumas, vi que pessoas que criaram uma carapaça ainda mais grossa do que a minha eram extremamente religiosas, mas que não experimentavam o frescor da graça do crucificado. Em vez disso, exalavam o bolor fétido da religiosidade morta e carcomida dos fariseus contemporâneos de Jesus. Eram capazes de recusar a audição de alguma peça musical devido à sua origem “profana”, mas também se recusavam a viver uma vida de amor cristão, preferindo substituí-la com regrinhas autoglorificantes. E isso tudo em nome de um Deus a quem conheciam só de ouvir falar.

Tive também a oportunidade de conhecer irmãos de outros países que agiam de modo diverso do meu. E vi que, mesmo na diferença cultural, aqueles eram irmãos de valor, com o coração no reino, muito mais até do que eu, com todo o meu escudo confessional.

Nessa minha queda-de-braço cultural com Deus, compreendi melhor o que Paulo quis deixar registrado em Cl 2.20-23: “Se morrestes com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos sujeitais ainda a ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: não toques, não proves, não manuseies (as quais coisas todas hão de perecer pelo uso), segundo os preceitos e doutrinas dos homens? As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria em culto voluntário, humildade fingida, e severidade para com o corpo, mas não têm valor algum no combate contra a satisfação da carne”.

Finalmente, vi que estava querendo ser melhor e mais santo que o Senhor. Nessa minha paranoia ególatra, fechei os olhos para a realidade de que “toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação” (Tg 1.17), incluindo, aí, as boas dádivas culturais.

“Diga-me de verdade, diga-me porque Jesus foi crucificado / Foi por isso que papai morreu? / Foi por você? Foi por mim? / Será que assisto muita TV? / Isto é uma ponta de acusação em seus olhos?” Esses não são versos de protesto de alguma banda cristã que questiona a banalidade gospel de hoje em dia. São os versos iniciais da música “The post war dream”, do Pink Floyd. Vejo hoje, portanto, que Deus está muito além de nossas limitações culturais. Ele pode usar, caso queira, uma peça teatral, um texto de jornal, uma música para sua glória, independente da confessionalidade. Sua soberania nos mostra que Deus não é gospel. Sua graça nos permite ver a sua beleza por meio da beleza artística, seja ela evangélica ou não.

Enfim, a graça de Deus me mostra, entre outras coisas, que posso curtir boa música, independentemente do rótulo, com o Senhor.

Rodrigo de Lima Ferreira (Digão), no site da Ultimato. [via PavaBlog]

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Nem uma vírgula...

No ano passado, a ABI ABI (Associação Brasileira de Imprensa) completou 100 anos de lutas pela liberdade da informação. Uma das peças publicitárias criadas para lembrar essa data histórica é um interessante texto sobre a VÍRGULA que ainda circula pela internet e reproduzo abaixo:

Campanha dos 100 anos da
Vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

Uma vírgula muda tudo.

ABI : 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Detalhes Adicionais:
SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.
Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM.

colaboração: Marcelo Lopes

Salve o tricolor paulista


rogério ceni continua c/ indisposição estomacal após o frango de ontem... :P

Fonte: Kibe Loco [via Pavablog]



As criancinhas de toda nação...


O debate do contrabando
Ministérios discordam sobre qual é a melhor forma de dar Bíblias aos cristãos chineses.

No último outono ocorreu uma pública discordância quando a CEO da Sociedade Bíblica de New South Wales, Austrália, disse que “infiltrar” Bíblias na China seria igualmente desnecessário e perigoso para os cristãos que lá vivem.

Daniel Willis disse que as novas facilidades na Amity Printing Company tornam o contrabando obsoleto. Amity, a única publicadora cristã na China que recebeu autorização do governo para publicar Bíblias, abriu, em maio do ano passado, uma filial capaz de publicar milhões de textos por mês, inclusive Bíblias.

“O senhor Willis deve ser honrado por seu compromisso na provisão de Bíblias para a China”, disse Bob Fu, presidente da China Aid. “Entretanto, ele não entendeu corretamente a possibilidade da Amity de suprir as necessidades que se apresentam na China. Sua conclusão... promove a má interpretação das metas do governo com o que foi feito”.

Amity publicou aproximadamente 11 milhões de Bíblias e Novos Testamentos em 2008 e quase 72 milhões desde 1988, quando foi inaugurada. De tudo isso, apenas 3 milhões têm sido vendidos na própria China, disse Chow Lien-Hwa, vice-presidente do conselho da Amity Press. A maioria das Bíblias é impressa em outros idiomas e distribuídas para outros 60 países.

Por mais que seja difícil definir o número de cristãos na China, dois censos independentes em 2007 contabilizaram 40 milhões de protestantes e 13 milhões de católicos, em uma população de 1.3 bilhões de pessoas.

Saber se a China publica número suficiente de Bíblias é algo difícil, de acordo com Carl Moeller, presidente da missão Portas Abertas nos EUA. “Isso significa admitir que cada Bíblia tem sido utilizada no lugar para onde foi enviada e que elas não precisam ser repostas. A verdade é que sempre será necessário publicar Bíblias na China”. “Os cristãos precisam se perguntar se as Bíblias têm sido distribuídas efetivamente”, argumentou Moeller.

Atualmente, Bíblias só podem ser vendidas em lojas das igrejas legalmente registradas junto ao governo chinês, afirmou David Aikman, autor de Jesus em Beijing. Elas não estão disponíveis nas livrarias comuns da China, embora textos sobre budismo, ateísmo e islamismo estejam.

“A fé cristã certamente tem se expandido por partes que não são atendidas pela Amity Press”, afirmou Aikman. “Utilizar outras formas de se conseguir uma Bíblia é compreensível. Não concordo com a teoria de que devamos rejeitar tudo o que seja ilegal. Se você levar esse argumento à sua conclusão lógica, considerável parte do mundo não estaria sendo evangelizada.”

Contrabandear Bíblias pode aparentar glamour, mas parece trazer mais dificuldade e prejuízo do que bondade, afirmou um diretor regional do OMF internacional, uma agência missionária ativa no leste asiático. Contrabandistas podem ser expulsos do país, mas as repercussões podem ser bem piores para os moradores que ficam.

“Temos percebido que trabalhar de forma legal na China é muito mais proveitoso, em longo prazo”, disse Cristina Graham, diretora de operações do East Gates Internacional, que trabalha com 70 pontos de distribuição de Bíblias, todos legalizados, para suprir as necessidades do povo de áreas rurais. “Temos desenvolvido um relacionamento incrível com as autoridades e com os cristãos das igrejas locais, já que optamos por trabalhar dentro das políticas estabelecidas por aquela nação. Respeitamos e valorizamos a forma pela qual estão tentando desenvolver sua história cristã”.

Portas Abertas, que tem uma história de “infiltrar” Bíblias para a China, tem dado apoio às necessidades da igreja perseguida na China, disse Moeller. “Temos apenas feito o que cristãos naquela sociedade nos têm pedido”, ele disse. “Muitos têm dito que preferem correr o risco de serem presos para conseguir um exemplar da Palavra de Deus”.


Copyright © 2009 por Christianity Today International

(Traduzido por Daniel Leite Guanaes)

Fonte: Cristianismo Hoje

Seu carro tem quantos cavalos?

O polonês Hieronim Kapuscinski foi multado quando dirigia por uma das rodovias próximas a Varsóvia, capital da Polônia. O motivo? Ele estava transportando um cavalo dentro de seu Fiat Uno. Além da multa no valor de £ 50 - aproximadamente R$ 160,00 -, Hieronim teve seu cavalo apreendido até que providenciasse um meio de locomoção adequado para transportar o mesmo.

Além de conter um cavalo a mais na potência, o carro era guiado por um jumento.


Fonte: Austrian Times [via Dormiu]

Se arrependimento matasse...



Li no Caixa Pretta, depois de receber um e-mail que circulou aqui na agência! O famoso fenômeno boca a boca (sem hífen conforme manda a reforma ortográfica, rsrsrs)

[via PavaBlog]

Atriz pornô se converte e já quer ser cantora Gospel

Depois de “incontáveis” ensaios em revistas masculinas e três filmes pornôs, Regininha Poltergeist mudou de vida. Há dois meses, a atriz se converteu à igreja evangélica Bola de Neve. Em entrevista à coluna, ela fala sobre sua nova postura, diz que não se arrepende dos trabalhos mais picantes que fez na carreira e revela que não descarta a possibilidade de virar cantora gospel e pastora!


Quem te apresentou à religião?

Foi o Zé Reinaldo (coreógrafo). Fui criada na Igreja Católica, depois comecei a frequentar o espiritismo.

Mas qual vertente do espiritismo?

Conheci um pouco de umbanda e candomblé. Nunca para fazer mal a ninguém. Falavam que eu tinha mediunidade e que precisava cuidar dos meus orixás, dos meus guias, para eu poder caminhar profissionalmente. Mas eu não via resultado. Pelo contrário.

Sua vida mudou muito depois que você se converteu?

Muito. Eu estava na Praça Saens Peña, na Tijuca, há dois meses, quando encontrei com o Zé. Ele olhou para mim e perguntou o que estava havendo. Eu respondi que ninguém sabia o que eu tinha e ele me levou para a igreja.

Qual é a sua igreja?

Primeiro fui à igreja que é perto da minha casa, no Grajaú, na casa do pastor. Começou a sair um monte de coisa de cima de mim. E agora estou na Bola de Neve, com a Marinara (ex-modelo e ex-policial). Ela foi madrinha do meu batismo.

Mas e o fato de você ter feito alguns filmes pornôs?

Não me arrependo, não. Só que eu eu não posso e não quero mais cantar aquela música “Kátia Flávia” porque fala da Louraça Belzebu.

Você pretende chegar a um posição importante dentro da sua igreja?

Por que não? Mas eu gostaria mesmo é de cantar músicas para Jesus. Ele mudou minha vida.

Fonte: Extra / Gospel+

Matrimônio celestial

Os noivos estavam a caminho da igreja quando morrem num acidente de automóvel. Chegando no céu, a noiva protesta:

- Puxa, São Pedro, logo hoje que a gente ia casar, acontece uma dessas...

- Assim é a vida, digo, a morte. - objeta o guardião do paraíso.

- Mas será que não dá para o senhor quebrar um galho - diz o noivo. - e fazer o nosso casamento aqui?

- Espera aí, deixa eu ver o que posso fazer.

Umas oito horas depois, quando o casal já estava cansado de esperar, ele volta trazendo um padre à tiracolo.

- Ok! Trouxe um padre para fazer o casamento de vocês. Mas tem uma condição...

- Qual?

- Aqui não tem divórcio! O casamento vai ter de ser por toda a eternidade...

- Puxa, mas toda a eternidade é muito tempo! - reclama o noivo.

- E se o nosso casamento não der certo? - indaga a noiva

- Azar o de vocês! Pra achar um padre aqui no céu já foi difícil, imagina um advogado!

Fonte: PavaBlog

Cerveja Calvinista, a predestinada

Os presbiterianos a esta hora devem estar de cabelo em pé! Confira aqui a cerveja que leva o nome de um dos maiores da Reforma protestante: Calvino!

O site Calvinus.ch vende alguma espécie de cerveja e vinho com o rótulo do reformador.
Destaque para a criatividade na abertura do site.

Se o calvinismo enquanto sistema teológico já era suficiente para deixar alguns de cabelo em pé, imaginem o que este tipo de produto fará! Antes que alguém pergunte:

Não, eu não bebo, e não beberia só porque o produto tem rótulo de Calvino. Dêem-me algum crédito, né?

Fonte: A Bíblia, o jornal e a Caneta, via Calvin 500

Fonte: Amenidades da Cristandade

Padres e Pastores se enfretam em partida de futebol

Uma partida curiosa vai movimentar a Arena Esportiva do Verão Total na noite desta quinta-feira (5). É que um time da Arquidiocese da Paraíba vai disputar um amistoso de futebol de areia com a equipe da Associação dos Pastores Evangélicos da Paraíba. O jogo entre padres e pastores será às 19 horas, com entrada gratuita.

Defendendo o time do clero, estão escalados os padres Pedro, André, Dorgival, Moacir, Hélio, Alberto, Ari e o Monsenhor Neuredo, ecônomo da Arquidiocese da Paraíba a responsável pela reunião da equipe. Completam a equipe católica alguns funcionários da Cúria Arquidiocesana, na reserva. O time que inicia a partida é composto apenas de padres.

A seleção dos pastores evangélicos foi escalada pelo pastor Márcio Melo, da Igreja Sara Nossa Terra, mas o time envolve religiosos de várias denominações. A convocação é a seguinte: Pastores Rubem, Josemar, Alexandre Mendonça, Dárcio, Augusto e Márcio Melo, além dos reservas Arlindo, Samuel, Clodoaldo e Robert.

Ambas as equipes levaram tão a sério o jogo de futebol de areia que realizaram treinos para “entrosar” os jogadores. “Vamos entrar em campo para ganhar”, prometeu o pastor Márcio Adriano Melo, acrescentando: “O importante é participar e ter espírito esportivo”.

De acordo com o Coordenador de Esportes do Verão Total, Giovanni Marques, a partida entre padres e pastores representa um momento de confraternização ecumênica: “Reunimos os representantes da Arquidiocese e da Associação dos Pastores, duas entidades beneficiadas com a doação de toneladas de alimentos arrecadados no evento,e eles concordaram em disputar esse amistoso, celebrando a solidariedade e a diversão que marcaram todo o Verão Total”, disse.

O Verão Total é um evento que oferece lazer, cultura, entretenimento e esporte gratuitos ao público paraibano. Começou no dia 15 de janeiro e se estende até 15 de fevereiro na praia do Cabo Branco, numa realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer. A entrada para todos os ambientes é gratuita. Apenas na pista de patinação no gelo é solicitada a doação de um quilo de alimento não perecível que será encaminhado a entidades filantrópicas escolhidas pela Arquidiocese e pela Associação dos Pastores Evangélicos do Estado da Paraíba.

Fonte: Portal Correio / Gospel+
Via: Pavablog

A marca da Besta (3)

Torcedor do City tatuou nome de Kaká no peito
Empolgado com a possibilidade de ter o brasileiro no seu clube Christopher Atkinson nem esperou o negócio ser concluído

MANCHESTER (Inglaterra) – A torcida do Manchester City não ficou nada feliz com o fracasso das negociações entre o clube e o brasileiro Kaká. Mas um torcedor em particular tem mais a lamentar. Christopher Atkinson, de 25 anos, estava tão empolgado com a possibilidade de ter o craque em seu clube que tatuou "Kaká" no peito.

The Sun

Segundo o tabloide britânico The Sun, o torcedor tentou de todas as formas esconder a bobagem que havia feito, só que um grupo de amigos descobriu. A foto do torcedor, claro, foi parar nas páginas do jornal.

"Kaká é um dos meus jogadores preferidos. Eu me deixei levar pela emoção de tê-lo no meu clube", afirmou Atkinson, que ainda não perdeu a esperança de fazer valer seu investimento. "Espero que a gente vá atrás dele de novo no mercado de verão".

Mesmo que o negócio jamais seja concretizado, o torcedor não se arrepende. E até se diverte com o que aconteceu. "Demorou algumas semanas para eu perceber o lado divertido disso tudo. No mínimo vai servir pra eu lembrar o quanto estivemos próximos de contratá-lo".

Agora, Atkinson diz que aprendeu a lição. "Da próxima vez eu vou esperar um pouco mais pra fazer isso. Talvez quando a gente contratar Lionel Messi, do Barcelona". Uma coisa, porém, já é certa: "A próxima tatuagem que farei será do Robinho", concluiu.

Fonte: Redação iG Esporte

Veja também:

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O que acontece quando uma mosca cai em uma xícara de café?

O italiano — joga a xícara fora e vai embora com raiva.

O francês — joga fora a mosca e bebe o café.

O chinês — come a mosca e joga fora o café.

O russo — bebe o café com a mosca, desde que não tenha que pagar mais pela mosca.

O judeu — vende o café para o francês, a mosca para o chinês, compra uma nova xícara de café e usa o dinheiro extra para inventar uma dispositivo que impeça que moscas caiam no café.

O palestino — culpa os judeus pela mosca ter caído no seu café, protesta na ONU por esse ato de agressão, pega um empréstimo da União Européia para comprar uma nova xícara de café, usa o dinheiro para comprar explosivos e, em seguida, explode a cafeteria onde o italiano, o francês, o chinês e o russo estão todos tentando explicar ao judeu que ele deveria ceder o seu copo de café para o palestino.

Fonte: Blog NetJudaica [via www.juliosevero.com]

Ainda que eu ande pelo vale da sombra e da morte...


A van de Daniel Lyons praticamente criou asas quando derrapou em uma pista sinuosa em cânion do Colorado (EUA). E, tal qual um pássaro metálico, pousou milagrosamente em uma rocha no meio do precipício.

Daniel, de 34 anos, foi retirado do Dodge 1987, por uma equipe de resgate, em segurança e sem ferimentos graves. Investigadores disseram que não havia marca de derrapagem na pista, indicando que o americano pode ter tentado o suicídio.

"Foi realmente um milagre. Mais alguns centímetros e o carro continuaria em queda livre até a base do cânion. Ninguém sobrevive a esse tipo de acidente. Ele tem que agradecer por estar vivo", disse ao "Denver Post" um guarda do Parque Nacional do Colorado.

Como dizem: definitivamente, não era a hora dele.

Fonte: Page Not Found

Ideologia palmeirense

Segundo o parmerista Luiz Penchiari, em tempos de presidente economista, o ataque do Palmeiras domingo se mostrou com tendências Maxistas-Lennynistas.

Nota do blog: apesar de ter funcionado, ainda prefiro a corrente com os princípios Keirrisianos...


Fonte: Conrado no blog do Parmerista

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Até que a Globo os separe...

BBC de Londres noticia estudo que confirma papel das novelas da TV Globo no aumento de divórcios no Brasil

















Um estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) sugere uma ligação entre as populares novelas da TV Globo e um aumento no número de divórcios no Brasil nas últimas décadas. Na pesquisa, foi feito um cruzamento de informações extraídas de censos nos anos 70, 80 e 90 e dados sobre a expansão do sinal da Globo – cujas novelas chegavam a 98% dos municípios do país na década de 90.

Segundo os autores do estudo, Alberto Chong e Eliana La Ferrara, “a parcela de mulheres que se separaram ou se divorciaram aumenta significativamente depois que o sinal da Globo se torna disponível” nas cidades do país. Além disso, a pesquisa descobriu que esse efeito é mais forte em municípios menores, onde o sinal é captado por uma parcela mais alta da população local.

Instrução

Os resultados sugerem que essas áreas apresentaram um aumento de 0,1 a 0,2 ponto percentual na porcentagem de mulheres de 15 a 49 anos que são divorciadas ou separadas. “O aumento é pequeno, mas estatisticamente significativo”, afirmou Chong. Os pesquisadores vão além e dizem que o impacto é comparável ao de um aumento em seis vezes no nível de instrução de uma mulher. A porcentagem de mulheres divorciadas cresce com a escolaridade.

O enredo das novelas freqüentemente inclui críticas a valores tradicionais e, desde os anos 60, uma porcentagem significativa das personagens femininas não reflete os papéis tradicionais de comportamento reservados às mulheres na sociedade. Foram analisadas 115 novelas transmitidas pela Globo entre 1965 e 1999. Nelas, 62% das principais personagens femininas não tinham filhos e 26% eram infiéis a seus parceiros.

Nas últimas décadas, a taxa de divórcios aumentou muito no Brasil, apesar do estigma associado às separações. Isso, segundo os pesquisadores, torna o país um “caso interessante de estudo”. Segundo dados divulgados pela ONU, os divórcios pularam de 3,3 para cada 100 casamentos em 1984 para 17,7 em 2002. “A exposição a estilos de vida modernos mostrados na TV, a funções desempenhadas por mulheres emancipadas e a uma crítica aos valores tradicionais mostrou estar associada aos aumentos nas frações de mulheres separadas e divorciadas nas áreas municipais brasileiras”, diz a pesquisa.

Fonte: BBC de Londres [via www.juliosevero.com]