quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Voto livre! O resto, nem tanto...



Titular da 58ªDP, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, o delegado Orlando Zaccone é responsável por mais de 300 presos. Nas últimas eleições, em fato inédito, eles puderam votar. Surpresa: o boletim da urna eletrônica revelou que as escolhas dos detentos reproduziram fielmente as da população geral do município. "A idéia de que preso é voto de cabresto é um mito", diz o policial.

Fonte: Istoé

comentário Salcompimentas: Só espero que daqui a pouco não apareça um partido ou lobby oficial (não oficiais já existem vários) dos criminosos...

Nenhum comentário: