quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Prisão do bispo Edir Macedo foi expedida

A Justiça Federal aceitou denúncia do Ministério Público e abriu processo criminal contra o dono da TV Record, o bispo Edir Macedo, e outros seis diretores da emissora. Eles são acusados de importação fraudulenta de equipamentos, uso de documento público falso, lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

Grampo telefônico autorizado pela justiça foi decisiva para expedição da prisão de Edir Macedo e outros diretores da emissora, diz promotor.

Fonte: Blog do Noblat [via PavaBlog]

Nenhum comentário: