segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Jesus Camp: protestantismo fundamentalista

O documentário americano "Jesus Camp" é assustador.

É possível baixá-lo na internet ou ver trailers no You Tube, por exemplo. Ele mostra a vida de algumas famílias protestantes americanas e o esforço feito pelas mães e pais para manter os seus filhos longe da influência supostamente maligna do resto das pessoas não-cristãs.

As crianças são retiradas do convívio da sociedade e de outras crianças não-cristãs, inclusive não freqüentam escolas. São educadas em casa, pelas próprias mães e o que lhes é ensinado tem q estar sempre de acordo com a Bíblia, como o Criacionismo, por exemplo.

As crianças passam várias horas dentro de igrejas ou em contato com "ministros da fé", sendo doutrinadas o tempo inteiro. São ensinados desde muito pequenos a pregar a todos aqueles que encontrarem, seja crianças como eles ou adultos.

São ensinados também que a fé cristã é a única e verdadeira e que todo o resto é absurdo e errado.

Tem uma cena que um menino de uns 10 anos diz: "Eu tenho nojo quando encontro com pessoas que não são cristãs e acho que o mundo seria muito melhor se todos acreditassem em Jesus como eu”.

Essas crianças choram, sofrem e se lamentam por pecados que elas supostamente cometeram... E se martirizam pedindo à Deus que as perdoe. Mas que pecados tão graves crianças entre 6 e 12 anos poderiam ter cometido? Falar mal de um coleguinha, por exemplo? O sofrimento e o sentimento de culpa são impressionantes... Eles choram até soluçar. É absurdo demais... Sinceramente é nojento. Tem q ter estômago pra assistir. Elas são usadas como uma arma de pregação... Sobem no púlpito e falam feito adulto.

Lembram da "Menininha pastora"? É muito pior... Imaginem uma fábrica delas! Enfim... Pelo menos eu, tenho medo deles. Imagino daqui há uns 10 ou 20 anos... E se um desses estiver no lugar do Bush, como presidente da maior potencia econômica e militar do mundo? Será que continuará existindo liberdade religiosa?

*Comentário da Folha sobre o filme.

Abaixo trailer:




Marco Finito, no Lion of Zion. [via Pavablog]

Nenhum comentário: