sábado, 27 de dezembro de 2008

Professor mata garoto de 11 anos por não ter feito a tarefa de casa

Haitham Nabeel Abdelhamid, de 23 anos, que é professor de matemática no Egito, foi condenado por homicídio culposo por causar a morte de um aluno de 11 anos, há dois meses.

De acordo com a BBC, Haitham ficou revoltado porque Islam Amr Badr (o garoto da foto) não havia feito sua tarefa de matemática. Após puni-lo com uma régua, o professor levou o garoto para fora e o atingiu violentamente com um soco no estômago. Isso mesmo - um soco tão violento que deixou o garoto com quatro costelas quebradas e provocou sua morte por insuficiência cardíaca.

O caso causou comoção em todo o país e colocou à prova o sistema educacional egípcio, fazendo com que o governo comece a trabalhar em uma reforma educacional, incluindo nova avaliação dos professores para combater a violência escolar. Acredite: a maioria dos professores são jovens inexperientes e lutam, com poucos recursos, para controlar turmas com mais de 100 alunos!

“O ministro da educação deve ser a primeira pessoa a ser punida - como é que ele pode concordar em permitirem que este tipo de homem ensine crianças?”, disse o pai do garoto.

Na sua defesa, Haitham disse que queria apenas disciplinar o aluno, mas não tinha a intenção de machucar ninguém.

Curiosamente essa parece ser uma prática em alguns países. No Youtube, por exemplo, constam vários vídeos que mostram professores agredindo alunos, como este abaixo.



[Via Pipoca de Bits]

Nenhum comentário: