sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Pastor é condenado por criticar homossexualismo

O pastor evangélico Náurio Martins França, do Mato Grosso do Sul, foi condenado na sexta-feira, 14 de Novembro, a pagar uma indenização de R$ 2 mil por dano moral coletivo. A decisão judicial deve-se à publicação do livro A maldição de Deus sobre o homossexual: O homossexual precisa conhecer a maldição divina que está sobre ele, de autoria do religioso. A Ação Civil contra ele foi proposta pela Defensoria Pública de Campo Grande, a capital do Estado, em 2007. A indenização irá para o Fundo de Defesa e de Reparação de Interesses Difusos Lesados.

A Defensoria Pública sustentou a afirmação de que a publicação tem “conteúdo declarado preconceituoso homofóbico e transmite a idéia de que o homossexual é amaldiçoado por Deus”. O pastor se defende alegando que está exercendo seu direito à liberdade de expressão e que não pretendia incentivar a violência contra os gays, e que pretende apenas convertê-los ao Evangelho. O juiz da Vara de Direitos Difusos Coletivos e Individuais, Dorival Moreira dos Santos, no entanto, determinou que esse tipo de discriminação não pode ser tolerada.

fonte: www.cristianismohoje.com.br [via clicgospel]

Nenhum comentário: