sábado, 8 de novembro de 2008

Os Simpsons são acusados de homofobia por ONG americana


A Gay, Lesbian and Straight Education Network, GLSEN, organização não governamental norte americana com sedes em Nova York e Washington, DC, está processando o canal de televisão Fox por divulgar mensagens homofóbicas no seriado Os Simpsons.

Os Simpsons é um dos mais antigos programas ainda em exibição na história da TV e, em geral, bastante aberto para temas relacionados à diversidade sexual, tendo até apresentado um episódio no qual o casamento entre pessoas o mesmo sexo foi legalizado na cidade de Springfield, onde acontecem as histórias do seriado.

A GLSEN, no entanto, alega que no dia 31 de outubro, em um especial para o Halloween, a palavra "gay" foi utilizada em Os Simpsons para significar "mau" ou "lixo". No episódio, o personagem Nelson Muntz, em cena na escola onde estuda, justifica uma agressão a seu colega Milhouse Van Houten alegando que "é muito gay".

Para a ONG, "o uso negativo que Nelson fez da expressão 'é muito gay' não é uma surpresa, considerando que 90% dos jovens LGBT dizem que ouvem essa frase usada dessa mesma maneira com freqüência na escola". A GLSEN pede aos produtores que não mais utilizem diálogos com esse teor e que Nelson, em uma aparição futura, peça desculpas a Milhouse e explique porque agiu errado.

fonte: uol

Será que a democracia e liberdade em excesso estão construindo uma sociedade cada vez mais auto-censurada? Se hoje, ninguém mais tem liberdade de falar o que pensa... será que no futuro não teremos nem a liberdade de pensamento, de ter uma opinião? Rumo à Ditadura Global da democracia... Crimidéia!!

Nenhum comentário: