quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Mulher morre ao desistir de ritual da Ku Klux Klan


Mulher morre ao desistir de ritual da Ku Klux Klan

Em um ritual realizado pela Ku Klux Klan, em Louisiana, autoridades americanas disseram que uma mulher tentou fugir e foi morta por membros da organização racista. Ela teve seu corpo jogado nas margens de uma estrada. Seus pertences foram queimados, segundo a agência AP.

O corpo foi encontrado na última segunda-feira, um dia após ela ter sido morta com um tiro. Na terça-feira, um líder da Klan foi preso acusado de homicídio. Mais sete integrantes são suspeitos de terem participação no crime.

A mulher, cuja identidade não foi revelada, foi recrutada pela Internet a participar do ritual e depois retornaria ao seu Estado de origem para encontrar outros membros do grupo que apóia a supremacia branca, segundo o xerife de St. Tammany Parish, Jack Strain.

Autoridades não souberam explicar que tipo de ritual seria realizado no acampamento, porém acreditam que ele já estava ocorrendo quando a mulher foi morta. O xerife disse que, no último domingo, o líder do grupo, Raymond "Chuck" Foster, 44 anos, atirou e a matou após uma briga em que ela, arrependida, pediu para retornar a sua cidade e tentou fugir.

fonte: Terra

Nenhum comentário: