quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Milhares se reúnem no Nepal para ver "reencarnação de Buda"

KATMANDU - Milhares de pessoas se reuniram nesta terça-feira no sudeste do Nepal para ver um adolescente que muitos consideram ser a reencarnação de Buda e que não aparecia em público há mais de um ano, informou a polícia. O jovem de 17 anos, que se chama Ram Bahadur Bamjon, falou a fiéis na segunda-feira na Província de Ratanpuri, 150 quilômetros ao sudeste da capital Katmandu, disse o policial Prakash Sen. Bamjon se tornou famoso internacionalmente em 2005, quando dezenas de milhares de pessoas o viram meditar sentado com as pernas cruzadas, no meio da mata, sem parar para comer ou beber, segundo algumas testemunhas.

Centenas de pessoas, incluindo peregrinos que vieram da Índia, correram para vê-lo nesta terça-feira, garantiu Sen.

"Ele falou com devotos em um templo na mata", disse Sen após visitar o lugar. "Os ombros e o corpo dele estão cobertos com vestes brancas".

"Acredito que ele tenha algumas características de Buda", comentou o policial.

Buda foi um príncipe nascido na região de Katmandu há mais de 2.600 anos que abandou suas posses para ser um líder religioso cujos ensinamentos geraram o budismo.

(Reportagem de Gopal Sharma)

Agência Reuters [via ig]

salcompimentas:Milhares se reunindo para venerar a suposta reencarnação do líder espiritual? Depois os budistas me dizem que budismo não é religião, mas filosofia... e que não existe um deus etc...
Corta essa, filosofia não prega veneração de ninguém. O praticantes podem falar o que quiser, mas budismo é religião sim. E eles praticam idolatria, tanto quanto os hindus(por sheeva e seus milhares de deuses), os católicos(com seus santos), os protestantes (que idolatram a bíblia e o dinheiro) e os muçulmanos (com Maomé e o Corão).

Nenhum comentário: