sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Amanhã é o Dia Sem Compras: dê uma folga ao seu bolso


Neste ano, o dia 29 de novembro foi escolhido para ser um "Dia Sem Compras". O objetivo é que, nesta data, além de não comprar nada, todos façam uma reflexão sobre os impactos sociais e ambientais dos nossos hábitos de consumo.

Os atuais padrões de consumo são insustentáveis do ponto de vista ambiental e injustos socialmente, já que a grande maioria da população é privada do acesso a bens e serviços essenciais para uma vida digna.

Criado em 1993 pela organização canadense Adbusters (www.adbusters.org/campaigns/bnd - em inglês), hoje o evento mobiliza pessoas em dezenas de países no mundo todo. O chamado "Buy Nothing Day", em inglês, também é realizado para apoiar a reflexão sobre o verdadeiro significado de uma celebração anual fortemente marcada pelo consumismo: o Natal.

Assim como a Adbuster, o site do Dia sem Compras em Portugal (gaia.org.pt/semcompras) propõe que os consumidores questionem produtos e desafiem companhias a atuar de forma ética.

O "Dia Sem Compras" não propõe o regresso à idade da pedra nem que todos os dias sejam dias sem consumo.

O Idec apóia a causa e acredita que a data pode servir de exemplo para uma mudança dos padrões de consumo e para a formação de cidadãos conscientes, participativos e críticos. Um consumo focado nas verdadeiras necessidades e tendo em conta os aspectos sociais e ambientais inerentes à preservação do planeta e ao tratamento igual que todos os seres humanos merecem.

Para tanto, estabelece como tarefas urgentes:
- consumir menos;
- informar-se sobre a origem dos produtos - como e por quem foram produzidos;
- fazer a separação dos materiais recicláveis e levá-los para os postos de coleta seletiva;
- pressionar as grandes empresas a co-responsabilizarem-se pelos impactos provocados.

Você, consumidor, faça a diferença! Divulgue o "Dia Sem Compras" entre amigos e familiares. Organize uma festa, uma manifestação, uma parada sobre a data e conte a sua história para webmaster@idec.org.br.

fonte: site do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor)

comentário: E aí... acha possível aguentar um dia sem gastar nada? Difícil mesmo é convencer, esposa, mãe, namorada...

Nenhum comentário: