terça-feira, 14 de outubro de 2008

Rabino judeu revela o Nome do Messias antes de morrer


Poucos meses antes de morrer (em janeiro de 2006), um dos mais proeminentes rabinos da nação de Israel, Yitzhak Kaduri, supostamente escreveu o nome do Messias em uma pequena nota que ele pediu para permanecer selada até agora. Quando a nota foi aberta, revelou o que muitos têm sabido por séculos: Yehoshua, ou Yeshua (Jesus), é o Messias.

Com o nome bíblico de Jesus, o Rabino e Cabalista descreveu o Messias usando seis palavras e dando pistas de que as letras iniciais formam o nome do Messias. – A nota secreta dizia:


"Quanto às letras da abreviação do nome do Messias, Ele erguerá o povo e provará que sua palavra e lei são válidas.

Esta eu assinei no mês da graça,

Yitzhak Kaduri"


A sentença hebraica (traduzida acima em negrito) com o nome do Messias oculto é: Yarim Ha’Am Veyokhiakh Shedvaro Vetorato Omdim

As iniciais das palavras formam o nome hebraico de Jesus, Yehoshua. Yehoshua e Yeshua são eletivamente o mesmo nome, derivado da mesma raiz hebraica da palavra “salvação” como documentado em Zacarias 6:11 e Esdras 3:2. O mesmo sacerdote escreve em Esdras, “Yeshua filho de Yozadak” enquanto escreve em Zacarias “Yehoshua filho de Yohozadak”. O Sacerdote inclui a abreviação sagrada do nome de Deus, ho, no nome do pai Yozadak e no nome Yeshua.

Com um dos mais proeminentes rabinos de Israel indicando que o nome do Messias é Yeshua, pode-se entender por que o seu último desejo foi esperar um ano após a sua morte antes de revelar o que escreveu.

Quando o nome Yehoshua apareceu na mensagem de Kaduri, Judeus ultra-Ortodoxos de seu Nahalat Yitzhak Yeshiva (seminário) em Jerusalém argumentaram que seu mestre não deixou a exata solução para decodificar o nome do Messias.

A revelação recebeu pouca cobertura da mídia Israelense. Somente os websites hebraicos News First Class (Nfc) e Kaduri.net mencionaram a nota sobre o Messias, insistindo que era autêntica. O diário Hebraico Ma’ariv publicou uma história sobre a nota mas a descreveu como forjada.

Leitores Judeus responderam nos forums do website com uma mistura de sentimentos: “Então isso significa que o Rabino Kaduri era Cristão?” e “Os Cristãos estão dançando e celebrando”, estavam entre os comentários.

O Israel Today falou de dois seguidores de Kaduri em Jerusalém que admitiram que a nota era autêntica, mas confusa para os seus seguidores também. “Não fazemos idéia de como o Rabino chegou a esse nome do Messias”, um deles disse.

Outros negam completamente qualquer possibilidade de que a nota seja autêntica. O filho de Kaduri, Rabino David Kaduri, disse que no tempo em que nota foi escrita (setembro 2005), as condições físicas de seu pai tornavam impossível para ele escrever.

O RETRATO DE KADURI DO MESSIAS

Poucos meses antes de Kaduri morrer com a idade de 108 anos, ele surpreendeu seus seguidores qundo lhes disse que havia encontrado com o Messias. Kaduri deu uma mensagem em sua sinagoga no Yom Kippur, O Dia do Perdão, ensinando como reconhecer o Messias. Ele também mencionou que o Messias apareceria para Israel depois da morte de Ariel Sharon (O ex primeiro ministro está em coma há mais de dois anos depois de sofre um derrame maciço em 4 de janeiro de 2006).

Outros rabinos predisseram o mesmo, inclusive o Rabino Haim Cohen, o cabalista Nir Bem Artzi e a esposa do Rabino Haim Kneiveskzy.

O neto de Kaduri, Rabino Yosef Kaduri, disse que seu avô falou muitas vezes durante seus últimos dias sobre a vinda do Messias e a redenção através do Messias.


fonte: olhar profético

Nenhum comentário: