quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Leite de maconha: "baseado" no modelo da soja


Nada de leite de vaca ou de soja: a nova onda no Canadá é o leite de maconha. Agora, o leite de soja não é a única opção para quem não gosta ou não pode ingerir leite animal. Duas empresas lançaram leite e iogurte produzidos com a semente da Cannabis Sativa, em processo idêntico ao da soja.

A empresa Living Harvest Helpmilk lançou três sabores de leite de maconha: chocolate, baunilha e normal. Outra companhia canadense também aposta no setor, a Manitoba Harvest Hemp, que colocou no mercado iogurtes feitos de maconha. Mas não pense você que vai ficar doidão bebendo este leite, pois não contém THC - a substância psicotrópica presente na "erva".

A plantação da cannabis, legalizada no Canadá, é restrita aos usos industrias da planta: fibras, alimentos, entre outros produtos.

Os benefícios do leite de maconha são a maior quantidade de proteínas, a ausência de colesterol, o alto índice de vitaminas e das gorduras ômega 3 e ômega 6, substâncias necessárias para o bom funcionamento do nosso organismo, mas encontrada em poucos alimentos. Além disso, o produto também é rico em ácido gama-linolênico que, segundo alguns cientistas, ajuda na luta contra o câncer, a tratar inflamações e estimular o sistema imunológico.

O produto já é sucesso total nos supermercados canadenses, tanto que agora o leite e o iogurte começam a ser exportados para os Estados Unidos.

com informações da Istoé

Nenhum comentário: