segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Hamburguer com carne de ovelha: onde estão os pastores?


Carne de ovelha virou hambúrguer em Santana do Livramento (RS). O prato pode parecer estranho, mas já é uma iguaria para os gaúchos. O X-Ovelha foi desenvolvido pelo dono de uma lanchonete e, atualmente, corresponde a 70% das vendas do estabelecimento. “

O segredo está no tempero: molho de pimenta suave ou forte e a salsa”, afirma o empresário José Inda. Alface, tomate, ervilha, milho, maionese, ketchup e mostarda complementam a receita. O charque também está em alta. Em Santana do Livramento, o alimento é levado ao forno e serve como massa para pizza. A carne é acompanhada de molho de tomate, ovo cozido, cebola e queijo.

“A idéia surgiu a partir da idéia de fazer um prato típico da culinária gaúcha para a culinária da pizzaria e é o maior sucesso há três anos”, afirma o empresário Gustavo Chiarelli.

com informações do Via Brasill e do G1


Calma irmão, essa ovelha não é evangélica. É o bicho mesmo. Mas se fosse ovelha de igreja, teríamos várias cadeias deste tipo de fastfood:

Assembléiaburger: A mais acessível. Sempre tem uma próxima de você!
Presbiteriburger: Carne tradicional de ovelhas pré-escolhidas. Pouco macia e sempre servida fria
Batistaburger: Carne batizada por imersão no molho agridoce.
Pentecostburger: Picante e que agita as línguas
Quandrangularburger: Hamburguer de formato quadrado
RSoaresburger: Hamburguer Milagroso! Cura dores nas costas e até o câncer.
Renascerburger: O preferido dos roqueiros e dos apóstolos-lobos. Com carne de ovelhas da classe média.
Lagoinhaburger: À moda mineira, coma com louvor e chore.
Universalburger: A preferida dos pastores-empresários. Nossas ovelhas são mais obedientes e abatidas coletivamente
Congrecaçãoburger: Com carne de ovelhas cobertas de lã, dos pés às cabeças.

Só não dá mesmo pra fazer o Adventistaburger, por razões óbvias, mas isso é história para outro post.

Nenhum comentário: