domingo, 12 de outubro de 2008

Bush e o pão da culpa que o diabo amassou!

Minha geração nasceu sob o ocaso do Império Britânico e viu o surgimento e fortalecimento dos Impérios Soviético e Americano. Ora, o Império Soviético acabou e estamos vendo a queda do Império Americano.

Agora assistimos ao aparecimento de novos conjuntos de nações e de confederações de Estados unidos por interesses nunca revelados. Provavelmente tudo isto aconteça bem devagar, mas, certamente acontecerá.

A morte dos impérios ocidentais abre novos espaços nas almas humanas. Os Hindus sabem que seu modo de ver a realidade é moderno, e que o paradigma quântico melhor se adapta à noção deles de realidade do que a dos filósofos do ocidente.

Os budistas vêem a derrocada do ocidente cristão em silencio. Para eles chegou a hora dos que ficam em silencio e não fazem discursos.

Entretanto, nenhum grupo religioso se sente mais vitorioso no momento do que os radicais islâmicos. Quem quer que veja o mundo com o olhar do Islã sabe que bin Laden é o juiz humano da América do Norte!

Sim! Osama bin Laden é o Saladino mulçumano da atualidade a vencer Bush Coração de Rato! Para quem não vê a vida com olhos cristãos ocidentais, o presente momento da história é a comprovação da falência do Cristianismo como religião e poder determinante no mundo.

À volta de seu fogo nas cavernas do deserto bin Laden dá glorias a Alá!

Sim, bin Laden sabe que as bombas-avião que lançou sobre as Torres Gêmeas não foram suas armas mais poderosas; pois, de fato, sua arma mais efetiva foi a Bomba-Bush!

O presidente americano foi a bomba que a própria América criou a fim de que hoje lhes explodisse na face. A América dos aviões e das indústrias de guerra foi alvejada pelo seu próprio poder: os aviões.

Os ataques com avião nas Torres tornaram-se a manifestação do Pão de Gideão vindo sobre os americanos-midianitas, isso no sentir de todo o mundo islâmico.

Hoje bin Laden é o “Elias” de Bush e da América! Sim! Faz descer fogo do céu!

Mais uma vez prevalece o espírito do Apocalipse como revelação, pois, à semelhança de uma Grande Babilônia, a América ouve os reis da terra clamarem: “Caiu! Caiu!” — e tudo aconteceu em meia-hora no mercado financeiro globalizado e instantâneo.

É ficar de olhos bem abertos!


por Caio Fábio

Nenhum comentário: