quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Asteróide cai sobre a África


Um pequeno asteróide fez uma passagem brilhante, porém inofensiva, em sua entrada na atmosfera terrestre na região sobre a África. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (6) por grupo de cientistas que observou o fenômeno.

Mais cedo nesta segunda, membros do departamento de astronomia da Universidade Harvard afirmaram que o asteróide 2008 TC3 queimaria até formar uma "bola de fogo", bastante brilhante, que devia percorrer a direção entre o oeste e o leste sobre o Sudão. O fenômeno estava previsto para ocorrer às 7h46 local (23h46 na hora de Brasília).

O objeto é tido como inofensivo devido ao seu tamanho --entre 1 m e 5 m de diâmetro. Os especialistas afirmaram não há perigo para vidas ou propriedades. "É bastante improvável que qualquer fragmento de tamanho considerável sobreviva à passagem pela atmosfera da Terra", afirma o JPL, em nota divulgada ontem.

O interessante do fato, para os cientistas, não é o impacto do asteróide na Terra. O importante é que, pela primeira vez, um evento como esse foi previsto. "Nós estamos contentes porque é a primeira vez que conseguimos fazer uma previsão de que um objeto vai entrar na atmosfera da Terra", diz Timothy Spahr, diretor do Minor Planet Center, de Harvard.

O asteróide foi descoberto pelo telescópio do Arizona (EUA) no último domingo (5), e sua trajetória foi calculada ontem. Os astrônomos não sabem do que é constituído o objeto. "Estamos ansiosos pelas observações de astrônomos que estão próximos ao local de chegada do asteróide. Nós esperamos mesmo que alguém consiga fotografá-lo", afirma Gareth Williams, também do Minor Planet Center. De acordo com estudos da Nasa, há cerca de 5.681 objetos do tipo próximos da Terra, mas somente 757 deles são grandes o bastante para causar qualquer dano se atingirem o chão.

da Folha Online

Nenhum comentário: